Memes, Nas, and Nova: Acredita
 CANisso?
 Macaco nao transmite febre
 amarela, afirma veterinario
 ACREDITANISSOOFICIAL
 OACREDITANISSO
@AcreditaNisso? Um alerta epidemiológico sobre a febre amarela, emitido pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul nesta semana, traz recomendações de controle e vacinação aos municípios gaúchos. Isso foi motivado por um surto da doença no Sudeste do Brasil. A Secretaria Estadual de Saúde lembra q a última vez q a doença foi registrada no Rio Grande do Sul foi entre os anos de 2008 e 2009. Naquela ocasião, nove pessoas morreram em decorrência da doença. Alguns macacos também foram infectados. “Os macacos se comportam como sentinelas da febre amarela. A doença é transmitida por mosquitos. Mesmo doentes, os macacos não têm a condição de infectar. Apenas os mosquitos têm”, esclarece o veterinário Marcelo Cunha. Por isso, os macacos são um sinalizador para alerta da doença, e não um transmissor. “Os macacos são afetados antes dos seres humanos. Como os animais estão nas matas, mais expostos aos mosquitos, eles são mais sensíveis. Quando um macaco aparece doente, isso é um sinal q nós humanos estamos expostos também”. O veterinário Marcelo Cunha trabalha no GramadoZoo. Na última semana, dois bugios com ferimentos, aparentemente causados por humanos, foram encaminhados ao zoológico. Os veterinários e biólogos suspeitam q as agressões tenham sido feitas por moradores de proximidades da região, após uma relação precipitada entre os macacos e a febre amarela. Conforme o veterinário Marcelo Cunha, “foi uma coincidência muito grande” dois macacos terem sido feridos depois da notícia da morte de dezenas de animais por suspeita de febre amarela no Sudeste do país. De acordo com a Fiscalização Ambiental de Nova Petrópolis, os bugios estão entre as espécies ameçadas de extinção no Rio Grande do Sul devido à destruição de seu habitat natural, à caça e ao comércio clandestino. “Estes fatores agravam o estado de conservação desta espécie, q serve de sentinela para a febre amarela”, pontuou a fiscal ambiental, Cássia Hoffman. . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw

@AcreditaNisso? Um alerta epidemiológico sobre a febre amarela, emitido pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul nesta semana, traz recomendações de controle e vacinação aos municípios gaúchos. Isso foi motivado por um surto da doença no Sudeste do Brasil. A Secretaria Estadual de Saúde lembra q a última vez q a doença foi registrada no Rio Grande do Sul foi entre os anos de 2008 e 2009. Naquela ocasião, nove pessoas morreram em decorrência da doença. Alguns macacos também foram infectados. “Os macacos se comportam como sentinelas da febre amarela. A doença é transmitida por mosquitos. Mesmo doentes, os macacos não têm a condição de infectar. Apenas os mosquitos têm”, esclarece o veterinário Marcelo Cunha. Por isso, os macacos são um sinalizador para alerta da doença, e não um transmissor. “Os macacos são afetados antes dos seres humanos. Como os animais estão nas matas, mais expostos aos mosquitos, eles são mais sensíveis. Quando um macaco aparece doente, isso é um sinal q nós humanos estamos expostos também”. O veterinário Marcelo Cunha trabalha no GramadoZoo. Na última semana, dois bugios com ferimentos, aparentemente causados por humanos, foram encaminhados ao zoológico. Os veterinários e biólogos suspeitam q as agressões tenham sido feitas por moradores de proximidades da região, após uma relação precipitada entre os macacos e a febre amarela. Conforme o veterinário Marcelo Cunha, “foi uma coincidência muito grande” dois macacos terem sido feridos depois da notícia da morte de dezenas de animais por suspeita de febre amarela no Sudeste do país. De acordo com a Fiscalização Ambiental de Nova Petrópolis, os bugios estão entre as espécies ameçadas de extinção no Rio Grande do Sul devido à destruição de seu habitat natural, à caça e ao comércio clandestino. “Estes fatores agravam o estado de conservação desta espécie, q serve de sentinela para a febre amarela”, pontuou a fiscal ambiental, Cássia Hoffman. . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw

Acredita CANisso? Macaco nao transmite febre amarela afirma veterinario ACREDITANISSOOFICIAL OACREDITANISSO @AcreditaNisso? Um alerta epidemiológico sobre a febre amarela emitido pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul nesta semana traz recomendações de controle e vacinação aos municípios gaúchos Isso foi motivado por um surto da doença no Sudeste do Brasil A Secretaria Estadual de Saúde lembra q a última vez q a doença foi registrada no Rio Grande do Sul foi entre os anos de 2008 e 2009 Naquela ocasião nove pessoas morreram em decorrência da doença Alguns macacos também foram infectados “Os macacos se comportam como sentinelas da febre amarela A doença é transmitida por mosquitos Mesmo doentes os macacos não têm a condição de infectar Apenas os mosquitos têm” esclarece o veterinário Marcelo Cunha Por isso os macacos são um sinalizador para alerta da doença e não um transmissor “Os macacos são afetados antes dos seres humanos Como os animais estão nas matas mais expostos aos mosquitos eles são mais sensíveis Quando um macaco aparece doente isso é um sinal q nós humanos estamos expostos também” O veterinário Marcelo Cunha trabalha no GramadoZoo Na última semana dois bugios com ferimentos aparentemente causados por humanos foram encaminhados ao zoológico Os veterinários e biólogos suspeitam q as agressões tenham sido feitas por moradores de proximidades da região após uma relação precipitada entre os macacos e a febre amarela Conforme o veterinário Marcelo Cunha “foi uma coincidência muito grande” dois macacos terem sido feridos depois da notícia da morte de dezenas de animais por suspeita de febre amarela no Sudeste do país De acordo com a Fiscalização Ambiental de Nova Petrópolis os bugios estão entre as espécies ameçadas de extinção no Rio Grande do Sul devido à destruição de seu habitat natural à caça e ao comércio clandestino “Estes fatores agravam o estado de conservação desta espécie q serve de sentinela para a febre amarela” pontuou a fiscal ambiental Cássia Hoffman SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw Meme

found @ 5465 likes ON 2017-01-21 19:10:17 BY ME.ME

source: instagram