Memes, Nas, and Netflix: AGvedna
 Miojo vale mais do que
 cigarr
 nos presidios
 dos
 EUA
 O/ACREDITANIss00FICIAL
 COACREDITANISSO
@AcreditaNisso? Na série OrangeIsTheNewBlack, o corte de gastos na prisão faz a comida do refeitório ficar tão ruim que temperos de miojo viram, por um tempo, moeda de troca. Isso não está tão distante da realidade: nos presídios dos EUA, a coisa está tão feia que macarrão instantâneo está valendo mais do que cigarros. Quem diz é o sociólogo Michael Gibson-Light, da Univeridade do Arizona. Em um estudo, ele entrevistou 60 presidiários ao longo de um ano, em uma prisão privada dos EUA - que não foi identificada para proteger a identidade dos entrevistados. Gibson-Light descobriu que, assim como na série da Netflix, a qualidade e a quantidade da comida nas cadeias está caindo tanto que o miojo se tornou uma mina de ouro: calórico, saboroso e barato, ele é ideal para as pessoas encarceradas, cujo maior passatempo é se exercitar - o macarrão instantâneo dá a elas a energia que falta. Hoje, miojo é mais valioso do que cigarros e selos - as lendárias moedas informais das prisões. E vale muito mesmo: apesar de custar só 59 centavos de dólar na lojinha da cadeia, no "mercado negro" dá para trocar dois pacotes por um conjunto de moletom (que custaria US$ 11,30) e um pacote por um maço de cigarros (US$ 2). Alguns presos até fazem a limpeza ou lavam roupas para outros em troca do macarrão instantâneo; outros jogam cartas apostando a "moeda". Um dos entrevistados no estudo chega a dizer que já viu brigas e até mortes por causa do miojo. A coisa ficou tão popular que já existe até um livro de receitas para macarrão instantâneo "de cadeia", chamado Prison Ramen: Recipes and Stories From Behind Bars (algo como Miojo de Prisão: Receitas e Histórias Por Trás das Barras), de um ex-presidiário chamado Gustavo "Goose" Alvarez. Fonte: SuperInteressante . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw (ADM) 💋

@AcreditaNisso? Na série OrangeIsTheNewBlack, o corte de gastos na prisão faz a comida do refeitório ficar tão ruim que temperos de miojo viram, por um tempo, moeda de troca. Isso não está tão distante da realidade: nos presídios dos EUA, a coisa está tão feia que macarrão instantâneo está valendo mais do que cigarros. Quem diz é o sociólogo Michael Gibson-Light, da Univeridade do Arizona. Em um estudo, ele entrevistou 60 presidiários ao longo de um ano, em uma prisão privada dos EUA - que não foi identificada para proteger a identidade dos entrevistados. Gibson-Light descobriu que, assim como na série da Netflix, a qualidade e a quantidade da comida nas cadeias está caindo tanto que o miojo se tornou uma mina de ouro: calórico, saboroso e barato, ele é ideal para as pessoas encarceradas, cujo maior passatempo é se exercitar - o macarrão instantâneo dá a elas a energia que falta. Hoje, miojo é mais valioso do que cigarros e selos - as lendárias moedas informais das prisões. E vale muito mesmo: apesar de custar só 59 centavos de dólar na lojinha da cadeia, no "mercado negro" dá para trocar dois pacotes por um conjunto de moletom (que custaria US$ 11,30) e um pacote por um maço de cigarros (US$ 2). Alguns presos até fazem a limpeza ou lavam roupas para outros em troca do macarrão instantâneo; outros jogam cartas apostando a "moeda". Um dos entrevistados no estudo chega a dizer que já viu brigas e até mortes por causa do miojo. A coisa ficou tão popular que já existe até um livro de receitas para macarrão instantâneo "de cadeia", chamado Prison Ramen: Recipes and Stories From Behind Bars (algo como Miojo de Prisão: Receitas e Histórias Por Trás das Barras), de um ex-presidiário chamado Gustavo "Goose" Alvarez. Fonte: SuperInteressante . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw (ADM) 💋

AGvedna Miojo vale mais do que cigarr nos presidios dos EUA OACREDITANIss00FICIAL COACREDITANISSO @AcreditaNisso? Na série OrangeIsTheNewBlack o corte de gastos na prisão faz a comida do refeitório ficar tão ruim que temperos de miojo viram por um tempo moeda de troca Isso não está tão distante da realidade nos presídios dos EUA a coisa está tão feia que macarrão instantâneo está valendo mais do que cigarros Quem diz é o sociólogo Michael Gibson-Light da Univeridade do Arizona Em um estudo ele entrevistou 60 presidiários ao longo de um ano em uma prisão privada dos EUA - que não foi identificada para proteger a identidade dos entrevistados Gibson-Light descobriu que assim como na série da Netflix a qualidade e a quantidade da comida nas cadeias está caindo tanto que o miojo se tornou uma mina de ouro calórico saboroso e barato ele é ideal para as pessoas encarceradas cujo maior passatempo é se exercitar - o macarrão instantâneo dá a elas a energia que falta Hoje miojo é mais valioso do que cigarros e selos - as lendárias moedas informais das prisões E vale muito mesmo apesar de custar só 59 centavos de dólar na lojinha da cadeia no mercado negro dá para trocar dois pacotes por um conjunto de moletom que custaria US$ 1130 e um pacote por um maço de cigarros US$ 2 Alguns presos até fazem a limpeza ou lavam roupas para outros em troca do macarrão instantâneo outros jogam cartas apostando a moeda Um dos entrevistados no estudo chega a dizer que já viu brigas e até mortes por causa do miojo A coisa ficou tão popular que já existe até um livro de receitas para macarrão instantâneo de cadeia chamado Prison Ramen Recipes and Stories From Behind Bars algo como Miojo de Prisão Receitas e Histórias Por Trás das Barras de um ex-presidiário chamado Gustavo Goose Alvarez Fonte SuperInteressante SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw ADM 💋 Meme

found @ 5876 likes ON 2017-04-02 17:11:25 BY ME.ME