🔥 Popular | Latest

Bones, Head, and Pressure: WHeRe TO HIT in a FIGHT Temple and jaw: good for a knockout punch, but are near the skull and can be dangerous if you miss. Nose/Eyes: Messes up the senses and distracts opponant. Neck: Can mess up breathing, talking, and the spinal cord Kicks are less effective here, and make it easier for your oppo- nant to throw you off balance. Don't try unless you're an expert. Inner Elbow: Can disable the opponant's arms. Solar Plexus: Hard to hit, but very effective Liver: causes dizzyness, immediate pain, and loss of breath Kidneys: I think we can all agree that peeing blood is unpleasant Groin: Ouch Outer/Inner Thighs: has pressure points, and can buy you enough time to hit a better area. Knees: throws oponent off balance & permanently disables them Note: Strategically, the head is the best area to hit, but it is also the most difficult. The sharp bones of the skull mean that a missed hit can break or dislocate your fingers. If unsure of where to aim, a hit to the torso will probably damage at least one major organ. Lastly, remember that they don't need to be unconscious foryou to "win" a fight. Running while they're dazed stops further injury to both of you bikiniarmorbattledamage: bikiniarmorbattledamage: What a useful resource to what parts of human body need to be prioritized when it comes to protection! Just out of curiosity, let’s compare it to some similar diagrams regarding female armor design that we shared or linked before…  …Wait, which parts were supposed to overlap, again?  Uh… ~Ozzie Personally I can think of more places to hurt people, and even more if you’re using a weapon like say… a dagger. But strangely almost none of them are in the protected areas… isn’t that strange? - wincenworks Throwback for today: helpful diagrams of exactly how protective a bikini armor is of the most vulnerable body parts. ~Ozzie

bikiniarmorbattledamage: bikiniarmorbattledamage: What a useful resource to what parts of human body need to be prioritized when it comes t...

Save
Anaconda, Memes, and Pets: Nisso? Cachorros gostam mais de elogios do que de comida, revela estudo O/ACREDITANISSOOFICIAL @ACREDITANISSO Marque seus amigos! ↗️ . Especialistas do DogProject, da Universidade Emory, decidiram investigar se os laços entre nós e os pets ultrapassam as necessidades básicas dos bichinhos. Para isso, eles treinaram 15 cães para passar por uma ressonância magnética. Enquanto o cérebro era escaneado, os pesquisadores mostravam 3 brinquedos diferentes, cada um associado a um resultado diferente. Quando um caminhão rosa aparecia por 10 segundos, eles já sabiam que vinha comida depois. Se surgisse um bonequinho azul, logo aparecia o dono fazendo festinha e por último, uma escova de cabelo, que não oferecia recompensa nenhuma. Cada cão passou pelo teste 32 vezes. A atividade cerebral deles variava pouco quando aparecia a escova de cabelo. Mas uma explosão de ativação neural acontecia quando sabiam que estavam prestes a receber comida ou carinho do dono. Só 2 dos cachorros mostraram uma ativação cerebral maior antes da comida do que dos elogios do dono. Para 9 deles, os dois estímulos eram equivalentes. Para 4 deles, os elogios do dono geraram uma atividade neural muito maior. Depois, os pesquisadores conduziram um segundo estudo. Eles colocavam os cachorros em um corredor que levava a dois caminhos diferentes. No final de um, um pote de comida. Na outra ponta, o dono sentado de costas, pronto para fazer festa. A escolha dos cachorros repetia o padrão. Aqueles que tinham explosões de atividade neural quando recebiam elogios do dono saiam correndo para ele em até 90% das vezes. Para os cientistas, os resultados mostram que cãezinhos não são motivados só pela comida, mas têm reações cerebrais intensas à interação social com os seus donos. Como a exceção que justifica a regra, só um cachorro escolheu comida 100% do tempo, em todos os experimentos: o Ozzie. Esse caso mostra que a sociabilidade dos cachorros é um traço individual e varia como nos humanos. Fonte: Super . SIGAM-ME OS BONS 👉 @Nandinhatw (ADM)

Marque seus amigos! ↗️ . Especialistas do DogProject, da Universidade Emory, decidiram investigar se os laços entre nós e os pets ultrapassa...

Save
Anaconda, Memes, and Pets: Acredita Nisso? Cachorros gostam mais de do que de comida elocio do que de COmida revela estudo 。/ACREDITANISSOOFICIAL @ACREDITANISSO @AcreditaNisso? Especialistas do DogProject, da Universidade Emory, decidiram investigar se os laços entre nós e os pets ultrapassam as necessidades básicas dos bichinhos. Para isso, eles treinaram 15 cães para passar por uma ressonância magnética. Enquanto o cérebro era escaneado, os pesquisadores mostravam 3 brinquedos diferentes, cada um associado a um resultado diferente. Quando um caminhão rosa aparecia por 10 segundos, eles já sabiam que vinha comida depois. Se surgisse um bonequinho azul, logo aparecia o dono fazendo festinha e por último, uma escova de cabelo, que não oferecia recompensa nenhuma. Cada cão passou pelo teste 32 vezes. A atividade cerebral deles variava pouco quando aparecia a escova de cabelo. Mas uma explosão de ativação neural acontecia quando sabiam que estavam prestes a receber comida ou carinho do dono. Só 2 dos cachorros mostraram uma ativação cerebral maior antes da comida do que dos elogios do dono. Para 9 deles, os dois estímulos eram equivalentes. Para 4 deles, os elogios do dono geraram uma atividade neural muito maior. Depois, os pesquisadores conduziram um segundo estudo. Eles colocavam os cachorros em um corredor que levava a dois caminhos diferentes. No final de um, um pote de comida. Na outra ponta, o dono sentado de costas, pronto para fazer festa. A escolha dos cachorros repetia o padrão. Aqueles que tinham explosões de atividade neural quando recebiam elogios do dono saiam correndo para ele em até 90% das vezes. Para os cientistas, os resultados mostram que cãezinhos não são motivados só pela comida, mas têm reações cerebrais intensas à interação social com os seus donos. Como a exceção que justifica a regra, só um cachorro escolheu comida 100% do tempo, em todos os experimentos: o Ozzie. Esse caso mostra que a sociabilidade dos cachorros é um traço individual e varia como nos humanos. Fonte: Galileu . ➡️ @Nandinhatw (ADM)

@AcreditaNisso? Especialistas do DogProject, da Universidade Emory, decidiram investigar se os laços entre nós e os pets ultrapassam as nece...

Save
Anaconda, Memes, and Pets: Acredita Cachorros gostam mais de elogios do que de comida, revela estudo ITANIssooFICIAL OACREDITANIsso @AcreditaNisso? Especialistas do DogProject, da Universidade Emory, decidiram investigar se os laços entre nós e os pets ultrapassam as necessidades básicas dos bichinhos. Para isso, eles treinaram 15 cães para passar por uma ressonância magnética. Enquanto o cérebro era escaneado, os pesquisadores mostravam 3 brinquedos diferentes, cada um associado a um resultado diferente. Quando um caminhão rosa aparecia por 10 segundos, eles já sabiam que vinha comida depois. Se surgisse um bonequinho azul, logo aparecia o dono fazendo festinha e por último, uma escova de cabelo, que não oferecia recompensa nenhuma. Cada cão passou pelo teste 32 vezes. A atividade cerebral deles variava pouco quando aparecia a escova de cabelo. Mas uma explosão de ativação neural acontecia quando sabiam que estavam prestes a receber comida ou carinho do dono. Só 2 dos cachorros mostraram uma ativação cerebral maior antes da comida do que dos elogios do dono. Para 9 deles, os dois estímulos eram equivalentes. Para 4 deles, os elogios do dono geraram uma atividade neural muito maior. Depois, os pesquisadores conduziram um segundo estudo. Eles colocavam os cachorros em um corredor que levava a dois caminhos diferentes. No final de um, um pote de comida. Na outra ponta, o dono sentado de costas, pronto para fazer festa. A escolha dos cachorros repetia o padrão. Aqueles que tinham explosões de atividade neural quando recebiam elogios do dono saiam correndo para ele em até 90% das vezes. Para os cientistas, os resultados mostram que cãezinhos não são motivados só pela comida, mas têm reações cerebrais intensas à interação social com os seus donos. Como a exceção que justifica a regra, só um cachorro escolheu comida 100% do tempo, em todos os experimentos: o Ozzie. Esse caso mostra que a sociabilidade dos cachorros é um traço individual e varia como nos humanos. . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw 💋

@AcreditaNisso? Especialistas do DogProject, da Universidade Emory, decidiram investigar se os laços entre nós e os pets ultrapassam as nece...

Save