🔥 Popular | Latest

@AcreditaNisso? Seus casamentos podem ser terríveis, mas os maridos que convivem com esposas chatas têm uma chance menor de desenvolver diabetes e, possivelmente, outras doenças relacionadas ao estilo de vida. Os pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, descobriram que as mulheres que importunam seus maridos costumam regular o comportamento deles no que diz respeito à saúde, o que significa que estes homens têm uma chance menor de desenvolver diabetes, e são capazes de controlar melhor a doença, caso ela surja. A equipe monitorou a saúde de 1.228 pessoas casadas durante um período de cinco anos. O Dr. Hui Liu, da Universidade de Michigan, disse: “O estudo desafia a suposição tradicional de que uma relação conjugal negativa é sempre prejudicial à saúde.” “Ele também encoraja especialistas em família a distinguirem diferentes fontes e fatores que podem medir a qualidade de um casamento.” “Em algumas situações, importunar é se importar com a pessoa.” “Como a diabetes é a condição crônica que mais rapidamente cresce mundialmente, a implementação de políticas públicas e programas criados para promover a qualidade dos matrimônios também deveriam reduzir o risco de diabetes e promover saúde e longevidade, especialmente para as mulheres de idades mais avançadas.” Fonte: 24horasnews . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw 💋: Estudo comprova que ter uma esposa Chata faz bem Saude Of GACREDITANIS ACREDITANISSOOFICIAL @AcreditaNisso? Seus casamentos podem ser terríveis, mas os maridos que convivem com esposas chatas têm uma chance menor de desenvolver diabetes e, possivelmente, outras doenças relacionadas ao estilo de vida. Os pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, descobriram que as mulheres que importunam seus maridos costumam regular o comportamento deles no que diz respeito à saúde, o que significa que estes homens têm uma chance menor de desenvolver diabetes, e são capazes de controlar melhor a doença, caso ela surja. A equipe monitorou a saúde de 1.228 pessoas casadas durante um período de cinco anos. O Dr. Hui Liu, da Universidade de Michigan, disse: “O estudo desafia a suposição tradicional de que uma relação conjugal negativa é sempre prejudicial à saúde.” “Ele também encoraja especialistas em família a distinguirem diferentes fontes e fatores que podem medir a qualidade de um casamento.” “Em algumas situações, importunar é se importar com a pessoa.” “Como a diabetes é a condição crônica que mais rapidamente cresce mundialmente, a implementação de políticas públicas e programas criados para promover a qualidade dos matrimônios também deveriam reduzir o risco de diabetes e promover saúde e longevidade, especialmente para as mulheres de idades mais avançadas.” Fonte: 24horasnews . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw 💋

@AcreditaNisso? Seus casamentos podem ser terríveis, mas os maridos que convivem com esposas chatas têm uma chance menor de desenvolver d...

Save
@AcreditaNisso? Sabe qdo você está no meio de uma aula chata, ou de uma reunião longa, e sua mente vagueia para longe, muito longe de onde você se encontra, em meio a assuntos q talvez nem façam sentido? Isso pode ser bom para você. Não no meio de aulas e reuniões importantes, é claro. Mas se distrair, viajar na maionese, pode ser um estado especial q permite maior criatividade e tomada de decisão. Você já deve ter passado por isso: estava com um problema de difícil resolução, e não conseguia ver uma luz no fim do túnel. Qdo finalmente esqueceu e deixou sua mente divagar, chegou a uma solução inesperada. Se você acha q essa é uma boa maneira de resolver problemas, então aproveite bem a viagem: existem momentos mais “propícios” para deixar sua mente divagar, e realmente se tornar mais criativa. Uma série de estudos tem mostrado q a atenção focada para uma tarefa pode reduzir a sua criatividade, enquanto q uma certa quantidade de vagueios mentais pode impulsionar o processo criativo. Por exemplo, um estudo de 2006 da Universidade de Amsterdã descobriu q pessoas q se envolvem em “pensamentos inconscientes” antes de resolver um problema se saem melhor do q qm se foca em algo consciente. Outro estudo recente da Universidade da Califórnia em Santa Barbara concluiu q pessoas q são autorizadas a deixar suas mentes vagarem se saem melhor em uma medida psicológica de criatividade, ou seja, são mais criativas. A principal evidência de q divaga” pode ser positivo é a de q, qdo a mente viaja, ativa duas regiões distintas do cérebro q normalmente não trabalham juntas. E é melhor divagar qdo você está fazendo algo q não exige muito da sua mente, por exemplo enquanto toma banho. Há também algumas evidências de q pessoas fazendo tarefas não muito exigentes são mais propensas a pensar no futuro enquanto suas mentes estão vagando, e isso pode levar a planejamentos produtivos. . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw 💋: Pessoas que costumam propensas a terem ideias criativas de sucesso e solucoes para seus problemas CACREDITANISS0 EO/ACREDITANISS00FICIAL @AcreditaNisso? Sabe qdo você está no meio de uma aula chata, ou de uma reunião longa, e sua mente vagueia para longe, muito longe de onde você se encontra, em meio a assuntos q talvez nem façam sentido? Isso pode ser bom para você. Não no meio de aulas e reuniões importantes, é claro. Mas se distrair, viajar na maionese, pode ser um estado especial q permite maior criatividade e tomada de decisão. Você já deve ter passado por isso: estava com um problema de difícil resolução, e não conseguia ver uma luz no fim do túnel. Qdo finalmente esqueceu e deixou sua mente divagar, chegou a uma solução inesperada. Se você acha q essa é uma boa maneira de resolver problemas, então aproveite bem a viagem: existem momentos mais “propícios” para deixar sua mente divagar, e realmente se tornar mais criativa. Uma série de estudos tem mostrado q a atenção focada para uma tarefa pode reduzir a sua criatividade, enquanto q uma certa quantidade de vagueios mentais pode impulsionar o processo criativo. Por exemplo, um estudo de 2006 da Universidade de Amsterdã descobriu q pessoas q se envolvem em “pensamentos inconscientes” antes de resolver um problema se saem melhor do q qm se foca em algo consciente. Outro estudo recente da Universidade da Califórnia em Santa Barbara concluiu q pessoas q são autorizadas a deixar suas mentes vagarem se saem melhor em uma medida psicológica de criatividade, ou seja, são mais criativas. A principal evidência de q divaga” pode ser positivo é a de q, qdo a mente viaja, ativa duas regiões distintas do cérebro q normalmente não trabalham juntas. E é melhor divagar qdo você está fazendo algo q não exige muito da sua mente, por exemplo enquanto toma banho. Há também algumas evidências de q pessoas fazendo tarefas não muito exigentes são mais propensas a pensar no futuro enquanto suas mentes estão vagando, e isso pode levar a planejamentos produtivos. . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw 💋

@AcreditaNisso? Sabe qdo você está no meio de uma aula chata, ou de uma reunião longa, e sua mente vagueia para longe, muito longe de ond...

Save