🔥 Popular | Latest

Mao, Pro, and Dessa: Ahh, e o que foi que ele fez? 25 de nov de 2016 15:35 Ele era muito esperto Fazia truques Ontem ele abriu a gaiola sozinho Passou pela prateleira Subiu na janela Pulou pro ar condicionado Desceu pelo cano Foi pro estacionamento y Negao Com.Br Entrou no cano de escape da Hilux do meu vizinho Aí já viu né Como eu disse ele faz truques Fez ligação direta Saiu a 80 por hora segundo o tira teima das câmeras do edifício Bateu em uma viatura da polícia e começou a perseguição Os policiais não conseguiam enxergar costelinha por motivos óbvios Seu tamanho reduzido Pensaram então que se tratava do djabo aka belzebu Escutei o agente Silveira gritando SAI SATANÁS daqui de casa Costelinha via o cerco se fechar assim que o agente Silveira ligou pro CIODES pedindo reforços Chegaram mais 5 viaturas sNegdo! comBr Um exorcista Dois jornalistas E uma galera protestando contra a PEC Costelinha não se intimidou Entrou pelo corredor de ônibus do Derby Jogou a Hilux da ponte do quartel enquanto se jogou pra fora do veículo se tornara A perseguição dramática Eu já aos prantos sendo consolado pela minha mãe Dizia apenas que a culpa era minha por sempre assistir Hamtaro com o Costelinha antes de dormir Então fui ao seu encontro Costelinha havia sequestrado um homem de altura mediana, devia ter seus 40 anos Negao! E havia pedido um helicóptero para fuga e dois sacos de semente de girassol (ele nunca comeu, queria provar) ComBr A policia me telefonou para ser o mediador Conversei com o agente Silveira que a essa altura já estava com uma bíblia debaixo do braço e um terço na mão Ele não aguentava mais Já podia ver que aquilo não acabaria bem Costelinha só queria deixar uma mensagem pro mundo Então ele disse Com a voz de choro Apontando pra mim Antes de se jogar da ponte "RAQUEL, DA UNS BEIJO NELE" E morreu Aí tô triste Enviado 25 de nov de 2016 16:05 KKKKKKKK Caraca! Depois dessa História bem que merecia Pra consolar SUCESSO! AbNegão.com.br O pior de tudo que essa aventura toda era apenas uma cantada que surpreendentemente FUNCIONOU! Costelinha e suas aventuras de GTA conseguiram uma gata pro (Imagens)

O pior de tudo que essa aventura toda era apenas uma cantada que surpreendentemente FUNCIONOU! Costelinha e suas aventuras de GTA conseguira...

Save
Internet, Life, and Memes: redita romens se apa xonam do que! as mulhereS EDITANISS ICIA ACREDITANIS @AcreditaNisso? E que atire a primeira pedra quem nunca escutou de um homem que 'mulher se apaixona fácil'. Esse clichê da 'fragilidade do coração feminino' está em todos os lugares, seja nos filmes, na internet ou cinema. O fato é que não é porque expressamos mais nossas emoções e gostamos de uma boa música dramática - quem nunca? - que somos de fato, seres frágeis que se apaixonam pelo primeiro que aparece. Mulheres são fortes, determinadas e aguentam muito mais do que os homens o sofrimento que pode ser amar alguém. O 'feeling' não é só notado, como comprovado. Ficou curiosa? Saiba que existem uma série de estudos que afirmam o que ninguém acreditava: os homens se apaixonam mais - e mais rápido - do que nós, mulheres. Um dos estudos é da faculdade londrina 'The School of Life', que entrevistou 2.000 adultos para saber qual sexo 'ama mais' e constataram que mais da metade dos homens se apaixonaram mais que uma pessoa na vida. Das mulheres, 45% disseram o mesmo. Já o levantamento do site 'Match', mostrou que 54% dos homens já tiveram um grande amor que começou assim, à primeira vista. Enquanto somente 44% das mulheres disseram que tiveram um amor tão rápido. Outro estudo, desta vez do site 'VoucherCloud' perguntou para cerca de 2.000 pessoas comprometidas o quanto tempo demorou para que ambos se apaixonassem completamente um pelo outro. Os homens responderam três meses. Já as mulheres... bem, nada menos que cinco meses. Pois bem, parece que nosso coração não é tão frágil assim. Fonte: VilaMulher . SIGAM-ME OS CURIOSOS ➡️ @Nandinhatw (ADM) 💋

@AcreditaNisso? E que atire a primeira pedra quem nunca escutou de um homem que 'mulher se apaixona fácil'. Esse clichê da 'fragilidade do c...

Save
Memes, Nas, and Sims: Aaedia Nisso? 47% dos empregos Vao desaparecer nos proximos 200 anos ACREDITANIsso AACREDITANISSOOFICIAL @AcreditaNisso? De acordo com um estudo liderado por Michael e Carl, da Universidade de Oxford, 47% dos empregos estão “em risco” de serem automatizados nos próximos 20 anos. A pesquisa examinou mais de 700 tipos de ocupação, observando os tipos de tarefas q os trabalhadores desempenhavam e as habilidades necessárias. Ao ponderar esses fatores, bem como os obstáculos de engenharia q atualmente impedem a informatização, os cientistas avaliaram o grau em q essas ocupações podem ser automatizadas nas próximas décadas. Aparentemente, ninguém está a salvo: desde trabalhos em transporte, logística e apoio administrativo até ocupações dentro da indústria de serviços, q só pareciam aumentar, são todos altamente suscetíveis de diminuírem. Um especialista da Escola de Negócios Wharton da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, Art Bilger, formou uma organização sem fins lucrativos chamada Working Nation para combater o “desemprego estrutural”. Sua missão é alertar o público e ajudar a fazer planos para proteger as pessoas desta tendência preocupante. Não só o conceito de emprego está prestes a mudar de forma dramática, mas essa tendência é irreversível. O capitalista de risco convocou corporações, academia, governo e outras organizações sem fins lucrativos para cooperar na modernização de nossa força de trabalho. A mecanização sempre nos custou empregos. O tear mecânico, por exemplo, acabou com os tecelões. Mas também criou empregos. Mecânicos eram necessários para manter as máquinas, maquinistas tinham q fazer peças para elas, trabalhadores tinham q cuidar delas, e assim por diante. Muitas vezes, aqueles em uma profissão podiam simplesmente trocá-la por outra. No início do século 20, por exemplo, os automóveis estavam tirando negócios dos ferreiros. Ninguém mais precisava de ferraduras, mas de mecânicos sim. E eles já possuíam boas habilidades. Até 2034, os trabalhos de nível médio serão, em grande medida, obsoletos. Fonte: Hypescience . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw (ADM)

@AcreditaNisso? De acordo com um estudo liderado por Michael e Carl, da Universidade de Oxford, 47% dos empregos estão “em risco” de serem a...

Save
Ali, Memes, and Charlotte: AANNARANHA A GRAM • TOP CENAS MARCANTES • 2º - Episódio 6x10: Charlotte é "A". "Não seja tão dramática, Ali. PLL PrettyLittleLiars

• TOP CENAS MARCANTES • 2º - Episódio 6x10: Charlotte é "A". "Não seja tão dramática, Ali. PLL PrettyLittleLiars

Save
Memes, Conformity, and Artificial: Nisso? 47% dos empregos vao desaparecer nos proximos 20 anos MO/ACREDITANIss00FICIAL U ACREDITANIsso @AcreditaNisso? A mecanização, até hoje, foi a maior razão para o desaparecimento de empregos. Essa tendência não foi estancada, no entanto. Ao invés de um futuro de crescimento de trabalhos, os economistas preveem mais perdas conforme a inteligência artificial, a robótica e outras tecnologias continuam a ser introduzidas. De acordo com um estudo liderado por Michael A. Osborne e Carl Benedikt Frey, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, 47% dos empregos estão “em risco” de serem automatizados nos próximos 20 anos. A pesquisa examinou mais de 700 tipos de ocupação, observando os tipos de tarefas que os trabalhadores desempenhavam e as habilidades necessárias. Ao ponderar esses fatores, bem como os obstáculos de engenharia que atualmente impedem a informatização, os cientistas avaliaram o grau em que essas ocupações podem ser automatizadas nas próximas décadas. Aparentemente, ninguém está a salvo: desde trabalhos em transporte, logística e apoio administrativo até ocupações dentro da indústria de serviços, que só pareciam aumentar, são todos altamente suscetíveis de diminuírem. Um especialista da Escola de Negócios Wharton da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, Art Bilger, formou uma organização sem fins lucrativos chamada Working Nation para combater o “desemprego estrutural”. Sua missão é alertar o público e ajudar a fazer planos para proteger as pessoas desta tendência preocupante. Não só o conceito de emprego está prestes a mudar de forma dramática, mas essa tendência é irreversível. O capitalista de risco convocou corporações, academia, governo e outras organizações sem fins lucrativos para cooperar na modernização de nossa força de trabalho. Hoje, o problema, como alguns afirmam, não é que não haja empregos suficientes, mas que não há trabalhadores qualificados para preencher as posições disponíveis. Fonte: Hypescience . SIGAM-ME OS BONS ➡️ @Nandinhatw (ADM)

@AcreditaNisso? A mecanização, até hoje, foi a maior razão para o desaparecimento de empregos. Essa tendência não foi estancada, no entanto....

Save